Posts Marcados Com: pontos turísticos

Jerusalém #01: Cidade Antiga – uma visão geral

De volta ao Brasil e com uma coleção de nada menos que 2000 fotos, irei fazer aqui um guia de informações dos principais lugares que passei. Começarei a série por Israel, mais especificamente, Jerusalém.

Jerusalém é considerada a capital religiosa de Israel (a capital política e oficial é Tel Aviv) e é uma das cidades mais antigas do mundo: sua história data do século V a.C.. A cidade é de grande importância para três grupos religiosos: judeus (era a capital do reino de Judá e abriga as ruínas do Templo de Salomão), cristãos (onde Jesus realizou a Última Ceia,  foi crucificado e ressuscitou) e muçulmanos (lugar onde Maomé ascendeu ao Céu).

Atualmente, a Jerusalém moderna é composta a partir da Cidade Antiga e seus arredores posteriores. A Cidade Antiga possui muralhas, derrubadas e reconstruídas por diversas vezes ao longo da história. Apesar de sua pequena área de 0,9 km², ela está dividida em 4 partes: o Quarteirão Judeu, o Quarteirão Muçulmano, o Quarteirão Cristão e o Quarteirão Armeno.

Quarteirões da Jerusalém Antiga

Quarteirões da Jerusalém Antiga

A Cidade Antiga pode ser acessada através de seus Portões. No Quarteirão Muçulmano se localizam o Portão de Damasco (fazendo divisão com o Quarteirão Cristão), o Portão de Herodes, Portão Dourado e o Portão dos Leões. No Quarteirão Cristão, o Portão Novo e o Portão de Jaffa. No Quarteirão Judeu se encontra o Portão do Esterco e no Quarteirão Armeno, o  Portão de Sion.

Portão dos Leões

Portão dos Leões

Portão de Damasco

Portão de Damasco

A Cidade Antiga é cheia de ruelas estreitas e você passa facilmente de um bairro ao outro – provavelmente você só perceberá algum tempo depois, devido à mudança do ambiente. Algumas áreas, principalmente ao redor da Mesquita de Al-Alqsa, são restritas e controladas por oficiais, especialmente durante o Shabat, período sagrado judeu dedicado ao descanso onde as atividades da cidade são suspensas das 15h da sexta-feira até o pôr-do-sol do sábado, e que coincide com a sexta-feira, dia sagrado para os muçulmanos. Cerca de meia-hora antes do Shabat, já é possível perceber um grande esvaziamento de pessoas na Cidade, pois muitos comércios já começam a ser fechados.

Na Cidade Antiga estão localizados diversos pontos de interesse como: o Muro das Lamentações, o mercado árabe, a Tumba do Rei David, o Domo da Rocha, a Mesquita de Al-Aqsa e a Via Dolorosa. Cada um desses pontos será explorado nos próximos posts do Viver é uma Viagem. Fique ligado aqui e, como aperitivo, confira algumas fotos abaixo!

Escrito árabe na Cidade Antiga

Escrito árabe na Cidade Antiga

Vista da Cidade Antiga

Vista da Cidade Antiga

Cidade Antiga

Cidade Antiga

Cidade Antiga - Quarteirão Judeu

Cidade Antiga – Quarteirão Judeu

Cidade Antiga - Quarteirão Muçulmano

Cidade Antiga – Quarteirão Muçulmano

Mesquita e Muro das Lamentações

 Muro das Lamentações e Domo da Rocha

Cidade Antiga

Cidade Antiga

Mercado Árabe - Quarteirão Árabe

Mercado Árabe – Quarteirão Árabe

Ruínas - Cidade Antiga

Ruínas – Cidade Antiga

Ruínas - Cidade Antiga

Ruínas – Cidade Antiga

Restaurante árabe - Quarteirão Árabe

Restaurante árabe – Quarteirão Árabe

Judeus na Cidade Velha

Judeus na Cidade Velha

Anúncios
Categorias: Aventuras, Israel | Tags: , , , , , | 1 Comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.